Técnicos da Agrese participam de audiência pública sobre o Complexo Termoelétrico

A instalação da maior Usina Termoelétrica do Brasil movida a gás natural, a ser feita aqui em Sergipe, teve mais uma etapa cumprida na última terça-feira, (01). O relatório de impacto de vizinhança foi tema de uma audiência pública realizada no espaço Gabes, localizado no município de Barra dos Coqueiros.

O evento contou com as participações dos profissionais da Câmara Técnica de Gás Canalizado da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese). A audiência teve como objetivo de apresentar o RIV (Relatório de Impacto de Vizinhança) do Complexo Termoelétrico Porto de Sergipe I, administrado pela Celse – Centrais Elétrica de Sergipe S.A.

O município de Barra dos Coqueiros foi escolhido para instalar a usina termoelétrica após um leilão com as cidades de Santo Amaro das Brotas, Nossa Senhora do Socorro e Laranjeiras. A usina terá capacidade para geração de energia equivalente a 15% de toda a necessidade do Nordeste, e será responsável pela criação de 2.500 postos de trabalho durante o pico da obra.

Após a finalização dos serviços de implantação, a usina fornecerá gás para novas indústrias da Barra dos Coqueiros e em todo o estado de Sergipe, proporcionando aumento na arrecadação de impostos pelo município e beneficiando a economia estadual.

Na abertura da audiência, foi lido o regimento; em seguida, um dos diretores da Celse explicou como irá funcionar o complexo e o representante da empresa de arquitetura e urbanismo apresentou o RIV da Barra dos Coqueiros para a comunidade. Logo após, os questionamentos orais e escritos foram discutidos e em seguida foi encerrada a sessão.

“Essas audiências são importantes, pois possibilitam que a comunidade participe ativamente das discussões sobre assuntos correlacionados ao empreendimento. A implantação dessa termoelétrica no Estado é de suma importância para seu desenvolvimento econômico”, finalizou a diretora da câmara de gás canalizado, Ana Paula Chaves Santos.

Funcionamento

A Agrese foi criada em 2009 e implantada em 2015. Atualmente, funciona com duas câmaras técnicas, a de gás canalizado e a de saneamento, com técnicos especializados que atuam na criação de normas para controle e fiscalização das atividades relativas aos serviços concedidos pelo Estado.

Por meio da Câmara de Gás Canalizado, a Agrese regula e fiscaliza os serviços de distribuição de gás executados por concessionárias ou permissionárias localizadas no âmbito estadual. A fiscalização realizada pela agência visa ao cumprimento do contrato de concessão e demais normas aplicáveis à prestação dos serviços de gás canalizado. A Agrese funciona diariamente, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h.

Mais informações através do telefone (79) 3218-2700 ou pelo site www.agrese.se.gov.br

Ascom/Agrese

Última atualização: 17 de dezembro de 2021 11:50.

Pular para o conteúdo